Vereadora alerta que Aracaju quase fica sem um pisca-pisca no Natal e cobra a programação

0

A defensora pública e vereadora, Emília Corrêa (PEN), alerta que a capital aracajuana quase fica sem um pisca-pisca nesse próximo Natal e cobra a programação. Segundo a parlamentar, não fossem os esforços dos abnegados comerciantes de Aracaju, não teríamos a tradicional ornamentação natalina.

Para Emília, a Administração Municipal, mais uma vez, demonstra a sua incompetência. O Natal, uma das épocas mais emblemáticas para as famílias e o comércio, quase fica sem um pisca-pisca.

“Felizmente, sensíveis ao tradicional momento festivos e esperando o aquecimento nas vendas, os comerciantes aracajuanos estarão garantindo o brilho das cores do Natal. O Executivo não teve a capacidade de comprar um pisca-pisca para iluminar a capital”, pontuou.

De acordo com Emília, como os turistas farão sua programação para uma cidade onde o Natal e Réveillon não têm clima de festa. O setor hoteleiro está desestimulado, donos de restaurantes prevendo poucos lucros e a nossa capital verdadeiramente ainda apagada.

“Muitas famílias procuram a Aracaju para vivenciar esse importante momento, no entanto, até o agora não sabemos se teremos programação para o Natal e o Réveillon; são apenas especulações, enquanto as pessoas ficam divagando o que será da cidade da qualidade de vida”, destacou.

Por fim, a parlamentar disse que espera que a Gestão realize os festejos de Fim de Ano, tendo em vista que algumas festas tradicionais nordestinas ficaram de fora do calendário. Os aracajuanos, turistas, comerciantes, e a população em geral aguardam o anuncio da programação.

“Desde o início do ano que a gestão do Prefeito Edvaldo Nogueira sabe que a Aracaju tem as suas tradições festivas; tomara que ele não decepcione o povo mais uma vez. Turistas e o comércio precisam se planejar e logicamente vibrar com bons resultados”, concluiu.

Da assessoria

 

Deixe Uma Resposta