Vereador lamenta fechamento do Dataprev, mas entende ser preciso otimizar a gestão pública

0

O vereador Fábio Meireles lamentou hoje (9) a informação de que o Dataprev, órgão de gestão de dados vinculado ao Ministério da Economia, fechará as suas portas no final do próximo mês de fevereiro e deixará em Sergipe cerca de 30 pais de família desempregados. “É uma situação preocupante porque esses pais de família entrarão na triste estatística do desemprego, que gera um problema de ordem social sério”, afirmou Meireles, ao defender que o próprio  Governo encontre meios para realocá-los.

No total são 20 Estados brasileiros que terão as unidades fechadas. As atividades se concentrarão em sete regiões do país.  “Hoje, essa estrutura é grande e as demissões referem-se a 15% dela”, afirmou o vereador, observando que, “embora seja uma iniciativa dolorosa, os gestores precisam ter coragem de cortar na própria carne e enfrentar os desgastes naturais que ocorrem por conta de medidas como essa. É preciso reorganizar a estrutura pública para começar a reorganizar o Brasil”.

No seu entender, ao longo das últimas gestões, muito da estrutura pública foi negligenciada pelos Governos e acabou precarizada de tal maneira que resultou em penalidade para o próprio trabalhador que não tem assegurada as devidas condições de trabalho.  “Quem tem responsabilidade com a coisa pública, precisa ter coragem para mexer em áreas que impactam seriamente, mas são necessárias para oxigenar e otimizar a gestão”, disse.

Deixe Uma Resposta