TRE rejeita pedido de impedimento de voto do presidente José dos Anjos

0

Por 4 x 2 o pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SE) , na tarde desta quinta-feira, 10, não acatou pedido da defesa do governador Belivaldo Chagas (PSD) pedindo o impedimento do presidente do tribunal, desembargador José dos Anjos, no julgamento do processo que o condenou a cassação do seu mandato junto com a vice Eliane Aquino (PT) e a sua inelegibilidade por oito anos, em razão do seu filho fazer parte do escritório de advocacia contratado pelo adversário de campanha de Valadares Filho (PSB). Foram contrários ao impedimento apenas Marcos Antônio Garapa de Carvalho e Joaby Gomes Ferreira.

Quatro membros do TRE acompanharam o relator, o desembargador Diógenes Barreto, que disse não haver razão para a nulidade do julgamento pelo impedimento do presidente em ter votado porque o seu filho trabalha no escritório contratado por Valadares Filho, já que não tem como saber em quais processos atua. O presidente José dos Anjos se julgou impedido e não votou.

No próximo dia 15 será julgado os embargados declaratórios com relação a condenação de Belivaldo e Eliane, por 6 x 1, a cassação do mandato em sessão do pleno realizada em 19 de agosto de 2019.

Deixe Uma Resposta