Rodrigo Maia afirma que trabalhará para aprovar a reforma da Previdência ainda neste ano

0

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou nesta quinta-feira (7) que, apesar de o governo ainda não ter os votos necessários para aprovar a reforma da Previdência (PEC 287/16), ele vai continuar trabalhando para aprovar o texto ainda neste ano.

Ontem à noite, líderes aliados voltaram a se encontrar com o presidente da República, Michel Temer, para tentar contabilizar os votos. Concluíram que ainda não há o suficiente para garantir a aprovação no Plenário. São necessários pelo menos 308 votos, em dois turnos de votação.

Para Rodrigo Maia, já há um convencimento de que, sem a reforma da Previdência, o impacto negativo no equilíbrio fiscal será enorme. “Esse tema é urgente, há um deficit crescente que vai comprometer o futuro das próximas gerações”, disse.

“Tenho esperança de que esse trabalho continue melhorando as expectativas e, em algum momento, vamos conseguir votar”, continuou. “Vou trabalhar para que seja ainda neste ano.”

Eleições
Rodrigo Maia pretende discutir o tema o tempo que for necessário. Segundo ele, caso a votação não aconteça, o impacto pode ser tão ruim que vai prejudicar os aliados do governo nas eleições do próximo ano.

“O que todos precisamos entender é que esse assunto estará na pauta da eleição de qualquer jeito, não adianta fugir”, disse. “Se a reforma for aprovada, vamos chegar ao final do ano que vem com uma taxa de desemprego de 8%. Isso é um ganho enorme para o Brasil.”

Agência Câmara

Deixe Uma Resposta