Prefeitos confirmam cancelamento de festejos juninos e festas tradicionais no interior de Sergipe

0

Trinta e um prefeitos de Sergipe assinaram uma nota pública confirmando a suspensão da realização de festas juninas, tradicionais ou de qualquer outro tipo de comemoração nos municípios. A medida foi tomada em virtude da crise em que vive o País, provocada pela pandemia da Covid-19.

A decisão foi anunciada durante uma reunião on-line coordenada pela Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (FAMES) com a participação de todos os prefeitos e do governador Belivaldo Chagas, que apoiou e elogiou a iniciativa dos gestores. “O Estado também não fará nada festivo até o dia 30 de maio”, disse.

Na nota pública, os prefeitos alegam que mesmo com o anúncio de compensação do FPM feita pelo Governo Federal, os municípios sofrerão com penalizações nos repasses das demais transferências constitucionais que compõem parcela significativa da fonte de receita municipal.

“Diante das dificuldades que o nosso País está vivendo, sabemos que é impossível pensar em medidas de enfrentamento com realização de festas. Todos nós, gestores, fomos pegos de surpresa por esta pandemia, mas o principal de tudo é estarmos juntos para que esta crise seja superada da melhor forma possível”, ressaltou o presidente da FAMES, Christiano Cavalcante.

A prefeita de Capela, Silvany Mamlak, cujo município realiza o São Pedro mais tradicional de Sergipe, destacou que o momento é de união e responsabilidade. “Precisamos ser responsáveis com os recursos públicos e com a nossa população. Festa, vamos comemorar a partir do momento em que vencermos esta pandemia. O importante agora é cumprir o nosso papel de cuidar das pessoas”, justificou.

 

 

Deixe Uma Resposta