Preço do gás de cozinha em Sergipe assinalou queda de 0,1% na primeira semana de 2020

0

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), revelou que na semana de 29 de dezembro de 2019 a 04 de janeiro de 2020, o preço médio do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), ou gás de cozinha, vendido em Sergipe foi de R$ 69,80, assinalando redução de 0,1% em relação à semana anterior (22 a 28 de dezembro de 2019).

O combustível mais consumido no estado, a gasolina, registrou preço médio de R$ 4,647. Esse valor foi 0,6% maior que na semana anterior. Para o etanol, o preço médio ficou em R$ 3,395, sendo 4,2% maior, na mesma comparação.

Para o diesel, segundo maior combustível consumido, a alta no preço médio foi de 1,0%. Em termos absolutos, o preço desse combustível ficou em R$ 3,803. Para o GNV, o preço médio permaneceu a R$ 3,701 (por m³), apresentando estabilidade na semana em análise. Todas as variações são em relação à semana anterior.

Comparativo com o Brasil e demais estados do país

Dentre os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal, Sergipe assinalou o 15º menor preço médio da gasolina (ao consumidor), na semana analisada (29 de dezembro/19 a 04 de janeiro/20). O valor registrado ficou acima da média do país (R$4,558) e da região Nordeste (R$ 4,596).

Preços nas distribuidoras na semana de 29 de dezembro/2019 a 04 de janeiro/2020

O preço médio do litro fornecido pelas distribuidoras aos postos de combustíveis no estado, na semana de análise, foi de R$ 4,204 para a gasolina, apresentando leve aumento de 0,1% em relação à semana anterior (22 a 28 de dezembro), enquanto o etanol registrou aumento de 3,0%, alcançando R$ 2,963. O GLP, por sua vez, assinalou alta de 5,8% no preço das distribuidoras, chegando a R$ 55,16.

Nesse quesito, o diesel apresentou relativa estabilidade a R$ 3,524, tendo apresentado aumento pouco significativo de 0,03%. Já o GNV, assinalou queda de 5,4% no preço médio das distribuidoras em relação à semana anterior, chegando a R$ 2,852, por m³.

Deixe Uma Resposta