Órgãos alinham detalhes da operação de interdição do Hotel Palace

0

Os órgãos de segurança envolvidos na operação de interdição do Hotel Palace reuniram-se mais uma vez nesta terça-feira, 22, para detalhar o plano estratégico que será seguido durante o cumprimento da decisão judicial, marcado para este domingo, 27 de maio. A partir das 06h, as equipes da Defesa Civil Estadual e Municipal, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Aracaju (SMTT), Guarda Municipal e Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) estarão no local.

Segundo o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Erivaldo Mendes, a reunião teve êxito ao delimitar os pontos de atuação de cada órgão envolvido. “Nos reunimos para definir as diretrizes de atuação para cumprimento do mandado de interdição, e verificamos a disponibilidade de todos os envolvidos no apoio ao oficial de justiça, que fará a leitura da ordem de interdição e, depois, a certificação do cumprimento”, explicou.

 

As notificações a proprietários/comerciantes/ocupantes foram entregues no final da última semana. Segundo o diretor da Defesa Civil Estadual, coronel Alexandre José, o objetivo é fazer com que o cumprimento da ordem judicial ocorra com o máximo de tranquilidade possível. “Os órgãos estão unidos para garantir que tudo ocorra da forma mais segura e tranquila para todos. Neste dia, o acesso de qualquer pessoa à área só será possível após a sua interdição física, conforme determinado pela Justiça. Aqueles que ainda possuírem pertences dentro do prédio terão acesso depois, mediante identificação”.

A Emsurb já cadastrou os ambulantes que comercializam no local, conforme explicou o diretor de Espaços Públicos da Emsurb, Bira Rabelo. “Fizemos o cadastramento de 63 ambulantes na última sexta-feira. Na segunda, tive uma reunião com o presidente da associação dos ambulantes e mais cinco representantes, e eles estão cientes de que deverão deixar o local. Foram informados da desocupação da área até o dia 27”, pontuou.

A Guarda Municipal disponibilizará efetivo necessário ao resguardo do local após a interdição e, durante a operação, ao suporte à Emsurb, que disponibilizará dois caminhões para eventual necessidade. O Samu destinará duas motolâncias e uma ambulância com equipe de suporte básico; e o Corpo de Bombeiros estará no local com uma equipe de combate a incêndio. A Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) ficou responsável pela colocação de barreira física no entorno.

 

A Polícia Militar e a SMTT farão o isolamento do perímetro. De acordo com o coordenador operacional de trânsito da SMTT, capitão Alexandre, será proibido o acesso de veículos da Avenida Rio Branco à Rua Itabaianinha. “Também a Travessa Hélio Ribeiro, a Travessa Baltazar Gois e a Rua José do Prado Franco. Pontos de táxi já foram avisados também”, detalhou.

Linhas de ônibus

Ainda segundo a SMTT, 16 linhas de ônibus que trafegam na região terão o seu itinerário alterado neste domingo, a partir das 07h, em razão da interdição da Travessa Hélio Ribeiro e da Rua Geru.

São elas:

031 – Eduardo Gomes / Desembargado Maynard;

032-1 – Tijuquinha / Osvaldo Aranha 01;

032-2 – Tijuquinha / Osvaldo Aranha 02;

033 – Terminal Rodoviário / Desembargador Maynad;

051 – Atalaia / Centro;

061 – Marcos Freire/Centro;

071 – Atalaia Nova / Centro;

200 CIC1 – Circular Indústria e Comércio 01;

200 CIC2 – Circular Indústria e Comércio 02;

614 – Sanatório / Centro;

615 – Bugio / Centro;

701 – Jardim Atlântico / Centro;

702 – Augusto Franco / Beira Mar;

709 – DIA / Centro via Clínicas;

715 – Tijuquinha / Desembargador Maynard;

717 – Mosqueiro /Centro.

Fonte/SSP

Deixe Uma Resposta