Max cobra melhorias e interligação das ciclovias

0

max“Há na cidade um grande movimento pela saúde, seja com a caminhada, com a atividade física nos parques, e percebemos um movimento importante nesse sentido que são os grupos de pedal por toda cidade. No Augusto Franco nós temos dois, que é o Pedal do AF e os Amigos de Bike, além dos trabalhadores que utilizam diariamente a bicicleta como meio de transporte. É nesse sentido que entendo ser preciso um olhar diferenciado da prefeitura de Aracaju para os ciclistas”, disse o vereador Max Prejuízo (PSB), ao falar na tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), na manhã desta quinta-feira, 6/8, durante o grande expediente.

O parlamentar reivindica que a prefeitura, através da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), realize uma operação constante nas ciclovias, assim como existe a operação taba buracos na cidade. “As ciclovias são essenciais para a mobilidade urbana da cidade, mas elas precisam ter condições de uso. A Emurb precisa fazer uma operação ciclovia, pois sem reparos e manutenções periódicas os buracos e desníveis podem causar graves acidentes. Um ciclista que tenta desviar de um buraco desses da via, ou que cai por conta dele, pode cair na pista e ser atropelado por um carro, pode bater com a cabeça no meio fio, enfim, é uma situação grave e que pode ser evitada”, defendeu Max.

Outra cobrança do parlamentar é quanto à falta de interligação das ciclovias, o que desestimula o uso da bicicleta e torna o seu uso perigoso. “É difícil para quem sai do Augusto Franco, por exemplo, pegar a ciclovia da Avenida Beira Mar. O trânsito é intenso, ainda não há uma consciência de que a bicicleta tem o seu espaço nas vias, e isso tem ocasionado acidentes, inclusive com mortes. Então é importante, a exemplo do que já vem acontecendo em São Paulo, se estudar de fato, a possibilidade de interligação das ciclovias, com a construção de outras, ou que se estude uma solução, como as ciclofaixas, que já são uma realidade no país, ou encontre outra alternativa, mas algo precisa ser feito”, disse o vereador.

Max encerrou seu pronunciamento cobrando ao governo municipal que estude possibilidades para fomentar o uso da bicicleta como meio de transporte cotidiano, incentivando uma mobilidade sustentável e segura de locomoção. A bicicleta contribui para a redução de carbono, e favorece a intermobilidade entre o transporte público, bicicleta e pedestres.

Da assessoria

Deixe Uma Resposta