Marinete do Forró proporciona alegria aos turistas

0

Não há quem resista à brincadeira.  A Marinete do Forró faz o convite para um mergulho na cultura nordestina. Do ponto de partida ao de chegada, o ritmo é o do autêntico forró. O passeio, proporcionado pela Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Turismo (Semict), em parceria com a empresa Viação Progresso, é feito em um ônibus do tipo jardineira, decorado para o período junino.

O ponto de encontro com os visitantes é sempre em frente ao Oceanário de Aracaju, na Orla da Atalaia, zona sul da cidade. O veículo sai pontualmente às 14h30 e percorre os principais pontos da capital sergipana, às quintas-feiras e sextas-feiras.  Neste mês de junho, foi preparado um roteiro especial para ampliar a oferta de locais visitados. Aos sábados, o passeio é feito para a Orla Pôr do Sol Cleomar Brandi, na Zona de Expansão da capital.

A cada parada, a alegria tomava conta dos turistas. O registro fotográfico era regra. Tânia Barbosa é nordestina, natural do Ceará, mas mora em São Paulo. Ela fez questão de gravar o momento. “Estou matando a saudade do meu Nordeste querido, é maravilhoso estar aqui na minha região, pertinho de onde nasci. Aracaju está linda, muito linda. Uma menina falou para mim no aeroporto quando desembarquei sobre a marinete e fiquei curiosa. Vou fazer ótimas recomendações”, afirmou.

O vocalista do Trio Forrozão Bola de Ouro, Edson Bezerra, estava encantado com a energia dos visitantes. Para ele, este momento representa a valorização da cultura sergipana. “É uma emoção muito grande poder mostrar nossa cultura para quem chega. Aracaju está de parabéns. A Marinete é só alegria. A regra é se balançar. Quem sabe dançar, dança, e quem não sabe, dança também”, brincou.

A catarinense Sandra Rodrigues Carvalho arriscava os passinhos. No ritmo ou não, o importante era se divertir.  “Acho muito legal a cultura de vocês. Em Santa Catarina, a gente não tem essa tradição. Então, vir para cá e usufruir de tudo isso é bem legal. Estamos adorando esse passeio. É uma oportunidade também para conhecer a cidade e o povo hospitaleiro daqui”, destacou.

Quem também amou a marinete foi a professora Odith Fabres Cidade, do Rio Grande do Sul. Ela nunca esteve no Nordeste, mas garante que vai levar na memória a felicidade do povo de Aracaju. “Estou adorando. No Sul, a gente não tem isso. É uma experiência incrível. A cidade é maravilhosa e limpa. A gente não vê sujeira. O administrador está de parabéns, estão todos de parabéns”, enfatizou, bem sorridente, ao ritmo do trio pé de serra.

Percurso

O passeio é gratuito e durante o mês de junho passa pelos seguintes pontos turísticos: Praia Formosa, Largo da Gente Sergipana, Centro de Artesanato Chica Chaves, no bairro Industrial; Mercados Centrais de Aracaju, Centro Cultural e o Centro de Turismo.  Depois, os visitantes retornam ao ponto de partida, a Orla da Atalaia. O tempo total da viagem é de quatro horas, mas no período junino há exceções. Cada parada dura entre 10 e 25 minutos.

Para o secretário municipal de Turismo, Marlysson Magalhães, a ampliação da Marinete durante o mês de junho, é um atrativo a mais para quem visita a capital sergipana. “A gente fica feliz ao ver a felicidade dos turistas. Eles se divertem bastante e isso mostra que estamos no caminho certo. É sempre uma euforia, desde a saída à chegada aos hotéis. Todos dançam, fazem fotos e com certeza levam o melhor de Aracaju para os estados de origem deles”, ressaltou.

Fonte/PMA

Deixe Uma Resposta