Manifestantes voltam às ruas por mais recursos para educação

0

Convocados por entidades sindicais e movimentos estudantis, professores, técnico-administrativos e estudantes participaram hoje (13), em Aracaju e várias cidades do país, de atos contra o contingenciamento de recursos da educação, em defesa da autonomia das universidades públicas e contra a reforma da Previdência.

A manifestação nacional é uma continuidade da mobilização de maio, organizada em defesa da manutenção das verbas para o ensino superior. Para a União Nacional dos Estudantes (UNE), os contingenciamentos anunciados pelo governo afetam não só o ensino superior, mas também a educação básica, o ensino médio e programas de alfabetização.

Em Aracaju não teve aula na Universidade Federal de Sergipe (UFS) e em várias escolas da rede pública estadual.  Um grande ato público ocorreu à tarde, na Praça General Valadão, no centro de Aracaju, com os manifestantes saindo em seguida em passeata até a praça Fausto Cardoso.

Deixe Uma Resposta