Justiça indefere pedido de prisão domiciliar para Ana Alves

0

No início da tarde desta quinta-feira, 7, a Justiça indeferiu o pedido da defesa de prisão domiciliar com uso de tornozeleira eletrônica para a ex-presidente estadual do DEM, jornalista Ana Alves, presa desde a última sexta-feira no Presídio Feminino de Nossa Senhora do Socorro. Ela é acusada de crimes de peculato, formação de organização criminosa e obstrução de investigação na Operação Caça-Fantasma.

A Justiça determinou ainda que o processo seja colocado em sigilo, a fim de evitar a consulta externa. Não considerou, portanto, os argumentos de defesa que alegou problemas de saúde da jornalista, que é diabética.

Com isso, Ana Alves, que é filha do ex-governador João Alves e da senadora Maria do Carmo Alves, segue presa em uma cela com mais três detentas com nível superior.

Na próxima terça-feira, 12, deve ocorrer o julgamento do pedido de habeas corpus na Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, uma vez que na última terça-feira o desembargador Diógenes Barreto negou o pedido.

Da Redação

Deixe Uma Resposta