Jucese simplifica abertura de empresas ao unificar Sefaz na Redesim/Agiliza Sergipe

0
Os empresários, os profissionais da Contabilidade, os cidadãos sergipanos viveram um marco histórico na tarde desta segunda-feira, 11, com a integração da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) ao projeto Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), que funciona por meio do Portal de Serviços Agiliza Sergipe (www.agiliza.se.gov.br) e é coordenado pela Junta Comercial do Estado de Sergipe (Jucese).
A partir de agora, ao constituir uma empresa na Jucese, com algumas exceções, é possível obter a Inscrição Estadual da Sefaz automaticamente através do Portal Agiliza Sergipe, eliminando a obrigação de acessar o site da Secretaria da Fazenda e de se deslocar até um posto de atendimento do órgão para entregar documentos.
A integração oficial da Sefaz ao Agiliza Sergipe ocorreu nesta segunda-feira durante sessão plenária do Colégio de Vogais da Jucese, que contou com a presença do presidente da Junta Comercial, George da Trindade Gois; dos membros do vocalato; do vice-governador de Sergipe, Belivaldo Chagas; do secretário da Sefaz, Josué Modesto; do secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia, José Augusto Carvalho, entre outras diversas autoridades.
AÇÕES PARA EMPREENDEDORES 
O vice-governador enalteceu a ação realizada entre a Junta Comercial e a Secretaria da Fazenda: “Essa integração da Sefaz é de extrema importância, pois desburocratiza, facilita a vida de todos num momento de crise, que não está sendo fácil. Um estímulo desse é um exemplo”.
Belivaldo Chagas também destacou o trabalho desenvolvido pela Jucese: “parabenizo o George, todos que fazem a Junta Comercial, em nome do governador Jackson Barreto, por mais essa ação. O George, junto com toda sua equipe, está atento para dar passos mais largos no sentido de agilizar as ações que dizem respeito aos empreendedores”.
 Na solenidade, George Trindade ressaltou que a entrada da Sefaz na Redesim era um desejo antigo da Jucese, dos empresários, da classe contábil e da própria Secretaria da Fazenda. “O Agiliza permitiu integrar o empreendedor com a Junta Comercial, a Receita Federal, as Prefeituras Municipais, os órgãos estaduais, como a Vigilância Sanitária e agora a Secretaria da Fazenda. É um grande salto que o Governo do Estado está dando”, disse.
EMPENHO E DEDICAÇÃO 
George Trindade agradeceu a dedicação da Secretaria da Fazenda para que o sonho virasse realidade. “Agradeço a paciência, a perseverança que os técnicos da Sefaz tiveram e a visão empreendedora e dinâmica do secretário Josué. Não é fácil ser simples. Foi uma quebra de paradigma muito grande. Tivemos diversas reuniões”, afirmou.
O secretário da Sefaz ressaltou a importância da Redesim para economia sergipana. “Num momento de crise sempre é preciso incentivar o empreendedorismo. Então, tenho certeza que o Estado vai ganhar muito, pois o objetivo é, justamente, simplificar a abertura de empresas, de negócios”, disse.
“Estou muito orgulhoso com o trabalho desenvolvido pelos nossos colegas da Sefaz, que constituíram um projeto muito grande, e também dou parabéns ao George, pois simplificar não é tão fácil como parece. Quando cheguei à Sefaz percebi que havia este projeto e o coloquei como prioridade”, destacou Josué Modesto.
MAIS EMPREGOS
Gestor da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec) – pasta a qual a Jucese é vinculada -, José Augusto, afirmou que a integração da Sefaz ao Agiliza é motivo de orgulho: “estou muito feliz. Tenho um carinho enorme por esse projeto. Simplificar é dar mais chances de emprego para os sergipanos”.
Presente na solenidade, o superintendente da Receita Federal – primeiro órgão que aderiu ao Agiliza – na 5ª Região, Francisco Lessa, recebeu com alegria a adesão da Sefaz. “É muito importante para economia local. As instituições tributárias têm o dever constitucional de trabalhar de forma integrada, intercambiar informações cadastrais”, destacou.
Um dos principais beneficiados com a integração, os contadores – responsáveis pela abertura de empresas nos órgãos públicos – não esconderam a satisfação. “Hoje é um dia histórico para nós. A entrada da Sefaz no Agiliza era um pleito antigo nosso. Agradeço ao Governo do Estado e principalmente ao George”, disse a presidente do Conselho Regional de Contabilidade de Sergipe (CRCSE), Angela Dantas.
QUATRO ANOS DE AVANÇO
Coordenadora do Fórum Empresarial, contadora e vogal suplente da Jucese, Susana Nascimento, também não escondeu a felicidade. “Foi um pontapé gigante. É um presente para o empresário, a classe contábil. Nesses últimos quatro anos, demos um avanço grandioso na desburocratização. Nunca fomos tão privilegiados pela Junta Comercial como agora”, disse.
“Esse ato significa agilidade, diminuição de trabalho, de horas gastas, redução de burocracia documental. A Secretaria da Fazenda abrange todo o Estado, onde a maioria das empresas é obrigada a se cadastrar”, destacou o representante de Associação Comercial de Sergipe (Acese) na Jucese e contador, Wladimir Torres.
A sessão plenária contou a participação também do comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Erivaldo Mendes; do delegado da Receita Federal de Sergipe, Marlton Caldas; do deputado federal e presidente da Fecomércio, Laércio Oliveira; do superintendente estadual do Banco do Nordeste, Saumíneo Nascimento; do vice-presidente de Desenvolvimento Operacional do Conselho Federal de Contabilidade, Aécio Prado Dantas Júnior.
A solenidade teve presença ainda do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Aracaju, Brenno Barreto; do presidente da Acese, Marco Pinheiro; do superintendente da Fecomércio, Maurício Gonçalves; do diretor do Departamento de Tributos da Secretaria da Fazenda de Aracaju, Carlos Augusto; do superintendente da Sedetec, Carlos Augusto Franco; do gerente da Unidade de Políticas Públicas do Sebrae, Adeilson Graça; entre outras autoridades.

Da assessoria

Deixe Uma Resposta