Indiciados

0

mundinhoA delegada Danielle Garcia, da Delegacia Especializada no Combate ao Crime Contra a Ordem Tributária e a Administração Pública (Deotap), concluiu parcialmente ontem o inquérito policial sobre o destino das verbas de subvenção do ex-deputado Mundinho da Comase (PSL). E indiciou o ex-parlamentar e os irmãos Augifranco e Ygor Vasconcelos, da Associação Ala Jovem de Lagarto, por crime de peculato, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Os três fizeram a delação premiada.

Segundo a delegada, os autos vão ser encaminhados para a Comarca de Lagarto, onde originou os processos, para que as medidas cabíveis sejam adotadas. Em razão da citação de cinco deputados estaduais no processo, os autos também serão enviados ao procurador-geral de Justiça, Roni Almeida, que deverá encaminhar para o Tribunal de Justiça com solicitação de autorização para o Ministério Público Estadual continuar com as investigações.

Deixe Uma Resposta