Gratidão ao povo

0

Em conversa ontem com a coluna, o governador Jackson Barreto (MDB) confirmou que deixa mesmo o governo em março, só não garantiu que seria logo no começo. Disse que vai atender ao apelo dos amigos e aliados para sair antes do prazo de desincompatibilização (6 de abril), para que o vice Belivaldo Chagas (MDB) tenha um “protagonismo maior”.

“Deixarei o governo após viver um momento histórico de ter sido o governador com a maior votação de Sergipe. Não vim da elite nem da classe média alta, nem da classe média média. Sou um verdadeiro filho do povo, que começou a vida andando nas ruas como carteiro. Me considero um vencedor e grato ao povo de Sergipe. Tô em paz nesse momento difícil da vida pública por saber que fiz tudo o que podia ser feito”, afirmou JB.

Deixe Uma Resposta