Fisco realizará paralisações semanais de 24h para pressionar Governo do Estado

0

Auditores fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) paralisaram as atividades nesta terça-feira, 20, por 24 horas. De acordo com o presidente do Sindicato do Fisco de Sergipe (Sindifisco), Paulo Pedroza, a greve atingiu todas as unidades de atendimento e postos fiscais.

Segundo Paulo Pedroza, as paralisações serão realizadas até que o governo estadual apresente propostas mais concretas às reivindicações. A categoria reivindica do governo do estado solução para problemas específicos do Fisco, como questões do subsídio, plano de carreira e as condições de trabalho nos escritórios e postos fiscais da Sefaz.

Para Pedroza o governo está fazendo contenção com a despesa de pessoal, alegando que não tem condições de atender as demandas dos servidores. “O governo não é transparente, deixa de apresentar as informações acordadas em audiência com as lideranças sindicais sobre as finanças públicas”, protestou Pedroza.

De acordo com o assessor de comunicação da Sefaz, Helber Andrade, o governo tem conversado com o sindicato e mostrado que o Estado não tem condições de atender a reivindicação dos auditores fiscais referente ao reajuste salarial. Ainda segundo Helber, com relação ao Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) o Estado está tomando todas as medidas para se adequar a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

De acordo com cronograma da categoria está prevista para a próxima terça-feira, 27, uma reunião entre a categoria e o secretário da Fazenda, Jeferson Passos. E na quarta-feira, 28, esta programada uma nova paralisação por 24h.

Por Valéria Lima

Deixe Uma Resposta