Faremos em Minas um ato político com muita alegria porque essa é a força de Lula”, assegura Marcio Macedo

0

O lançamento da pré-candidatura de Lula a presidente da República será nesta sexta-feira, 8, às 18h, em Minas Gerais, na cidade de Contagem, e o vice-presidente nacional do PT e pré-candidato a deputado federal de Lula, Marcio Macedo, assegurou em entrevista concedida na manhã de hoje à rádio Fan FM que o ato político, que ficará na história do país, terá muita alegria porque essa é a força de Lula.

“O presidente Lula está no coração do povo e o lançamento da pré-candidatura dele à presidência trará esperança novamente para os brasileiros. Durante o ato, vamos ler uma carta que o Lula fez para o povo e a militância do partido e tenho certeza de que será um momento especial e emocionante. A prisão política de Lula é injusta e ilegal e os brasileiros estão clamando pela volta dele para colocar o Brasil novamente nos trilhos, pois Temer e sua turma jogaram o país numa crise sem precedentes”, disse.

Marcio esclareceu que o PT vai registrar no dia 15 de agosto a pré-candidatura de Lula, ele estando solto ou ainda na condição de preso político. “Vamos fazer o registro e há um prazo para o Ministério Público e a justiça deferir ou indeferir a candidatura. Esse processo deverá ser definido por volta da primeira quinzena de setembro. Se for indeferido, temos até o dia 17 de setembro para elaborar um segundo plano, sempre com o consentimento de Lula, mas, hoje, ele é o pré-candidato e estamos com o sentimento de que, junto com o povo brasileiro, vamos elegê-lo”, conta.

Temer e turma

Ainda durante a entrevista, Marcio pontuou problemáticas atuais do país, a exemplo do crescimento do desemprego, possível privatização do setor elétrico, entrega do pré-sal e fechamento da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados de Sergipe (Fafen), que, segundo ele, estão sendo totalmente provocadas por Temer e sua turma.

“Temer e turma estão destruindo o país e prenderam o maior líder político do Brasil por medo de enfrentá-lo nas urnas. Quando Lula era presidente o gás de cozinha, por exemplo, custava R$ 28 e, hoje, com o governo golpista, está em média R$ 90. A gasolina saia por R$ 1,60 e, agora, está quase R$ 5. O país vinha em um crescimento econômico, gerando emprego e renda, mas com Temer e sua turma, hoje temos 14 milhões de desempregados no Brasil. O país está em uma situação assustadora e os brasileiros confiam em Lula para mudar este cenário”, afirma.

PT em Sergipe

Outro assunto que ganhou destaque na participação de Marcio na emissora de rádio foi a participação do PT nas eleições em Sergipe. O vice-presidente nacional do PT reforçou que o partido está apoiando o bloco de Belivaldo Chagas, que historicamente foi fundado por Marcelo Déda.

“Não há razão para sairmos desse bloco, a não ser que haja fatos que mudem a atual conjuntura. Participei de reuniões e a presença do PT na chapa majoritária no bloco liderado por Belivaldo está confirmada. E se a companheira Eliane Aquino for a pré-candidata a vice-governadora, ficaremos ainda mais felizes. É um motivo de orgulho para nós”, afirma.

Em contrapartida, ao ser questionado sobre outras alianças do PT em Sergipe, Macedo deixou claro que não existe possibilidade de aliança do Partido dos Trabalhadores com blocos liderados por André Moura e Temer.

“A mão que diz que traz recursos pra Sergipe é a mesma que reduz em 95% o Bolsa Família, é a mesma que congela em 20 anos os investimentos em educação, saúde e políticas sociais e a que quer privatizar a Petrobras, Eletrobrás e fechar a Fafen em Sergipe. André Moura é líder do governo Temer e o PT não irá fazer aliança com quem faz parte desta turma que tem total responsabilidade com o caos em que se encontra o Brasil. Nossos projetos são diferentes e não temos nenhuma relação política com André, Temer e turma”, explana.

Deixe Uma Resposta