Empresa rescinde contrato e alunos da UFS ficam sem refeições

0

A administração superior da UFS vem a público informar que, após meses de conjugados esforços administrativos, e após um dia festivo de inauguração, foi surpreendida nesta terça, 13, por um ofício encaminhado pela empresa RMP Romero – EPP com uma solicitação de “Recisão contratual por caso fortuito”.

Este fato grave, somado ao caso de não haver sido feita, por parte da empresa, a compra dos insumos necessários para as refeições, inviabilizará o funcionamento do Resun a partir desta quarta, 14.

A Administração Superior já respondeu ao ofício da contratada esclarecendo quais as consequências legais desta decisão, e consultará a Procuradoria Federal quanto às providências cabíveis em face das alegações da contratada sobre a incapacidade de cumprir o contrato assinado.

Ao tempo em que pedimos a compreensão de todos, reiteramos o compromisso institucional de que serão adotados os procedimentos administrativos necessários para que se reestabeleçam, com a maior brevidade possível, as condições de fornecimento da alimentação.

Informamos ainda que, até que as atividades do Resun sejam novamente retomadas, a Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (Proest) está orientada pela reitoria quanto à manutenção do Apoio à Alimentação aos alunos socioeconomicamente vulneráveis.

Fonte: UFS

Deixe Uma Resposta