Em abril, foram vendidos 1.543 veículos novos em Sergipe

0

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (FENABRAVE), apontou que as vendas de veículos novos no estado totalizaram 1.543 unidades, em abril deste ano.

O número de veículos novos aqui referido, diz respeito à soma dos montantes de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus licenciados, pela primeira vez, no período em análise. O primeiro emplacamento do veículo é considerado como venda, por causa do prazo estabelecido em lei para isto. Ou seja, o prazo é de 15 (quinze) dias consecutivos após a data de saída do veículo da loja, localizada no estado.

Em termos relativos, verificou-se aumento de 4,7%, em relação às vendas no mesmo mês do ano passado. No comparativo com o mês de março deste ano, registrou-se aumento de 14%.

Vendas por segmento em Abril/2019

As vendas de automóveis e comerciais leves totalizaram 1.435 unidades, apresentando um acréscimo de 2,1%, em relação a abril do ano que findou. Quando comparado com o mês imediatamente anterior, março último, notou-se aumento de 12,7%.

Entre os veículos pesados, o segmento de caminhões registrou a comercialização de 91 unidades, no mês analisado. Quando comparado com o mesmo período do ano anterior (abril/2018), o segmento teve um aumento de 51,7% nas vendas.

Já o segmento de ônibus comercializou dezessete unidades no mês de abril, apresentando queda nas vendas de 26,1%, quando comparado ao mês anterior, março deste ano.

Outros segmentos

As vendas e o licenciamento de ciclomotores, motocicletas e motonetas, a partir de 50 cilindradas, de acordo com a Lei 13.154/2015, somaram 1.213 unidades, no mês em análise, assinalando um decréscimo de 9,4% na comparação com o mês de abril do ano passado. Já em relação ao mês anterior (março/2019), foi registrada redução de 7,8% nas vendas.

Núcleo de Informações Econômicas da FIES – NIE/FIES

Deixe Uma Resposta