Em 10 anos SSP emitiu mais de 610 mil antecedentes criminais pela internet

0

A Coordenadoria Geral de Perícias (Cogerp), por meio do Instituto de Identificação, órgão vinculado a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE), oferece uma vasta quantidade de serviços à população sergipana, entre eles, a emissão via internet do Atestado de Antecedentes Criminais. Somente em 2017, foram feitas 68.394 emissões do serviço.

Disponibilizado há dez anos para o internauta pelo www.ssp.se.gov.br, foram exatos 691.875 atestados emitidos pela população. Muitos desconhecem, mas é possível realizar a emissão desse documento gratuitamente acessando o site da SSP/SE. O atestado de antecedentes criminais é um documento que indica a presença de registro de antecedentes criminais do cidadão, tornando a pesquisa sobre pendências jurídico criminais mais rápida e eficaz.

Ao longo desses 10 anos, quando foi viabilizada a retira desse tipo de atestado via web, muita coisa mudou, segundo explica o papiloscopista Jenilson Gomes. Ele diz que muitos empregadores já não solicitam mais esse documento ao candidato que disputa a vaga de emprego, uma vez que a empresa já realiza essa emissão online. “Outra coisa que temos percebido é que embora tenhamos um volume muito grande de emissão online, o volume de reemissão diminuiu bastante”, afirmou.

A Divisão de Identificação Criminal do Instituto de Identificação conta com papiloscopistas que trabalham para agilizar o atendimento da população que por algum motivo não consegue realizar a emissão do documento pela internet. Em média, 70% do atendimento presencial são de pessoas que não conseguiram realizar a emissão de forma online, assim, os profissionais se empenham em analisar as causas que levaram a não emissão do documento e regularizam o serviço.

O trabalho que vem sendo realizado pelos profissionais que atuam no Instituto é positivo. Em 2017, foram realizados emitidos 4.060 atestados de antecedentes criminais emitidos de forma presencial. Além desses, outros números revelam o expressivo serviço que vem sendo prestado diariamente ao cidadão sergipano.

No ano passado foram realizadas 3.210 Identificações Criminais; 7.350 fichas de antecedentes criminais para Justiça e/ou Delegacia; 4.462 cadastros criminais para Justiça e/ou Delegacia; 60 procedimentos no Cadastro Nacional de Desaparecidos da Polícia Federal (Cadê); 98 atendimentos domiciliares para emissão de Registro Geral (RG); 89 atendimentos hospitalares para identificação de vivo e corpo não declarado e 280 emissões de RG em unidades prisionais.

Segundo o papiloscopista Jenilson Gomes, o Instituto de Identificação vem se empenhando para tornar os serviços prestados ainda mais acessíveis. “A agilidade sintetiza bem o que fazemos, mas o cidadão tem uma economia não só de tempo mas também de recursos, porque o serviço online é gratuito, anteriormente custava o valor de R$5,00. Assim, o cidadão não se preocupa com os custos que envolvem o transporte para ir ao Instituto de Identificação por exemplo, se levarmos em consideração que oito em cada dez atestados emitidos são onlines, o número é muito grande” concluiu.

Fonte/SSP

Deixe Uma Resposta