Edvaldo reúne Comitê de Crises para enfrentar efeitos das chuvas

0

O prefeito Edvaldo Nogueira se reuniu na tarde desta quinta-feira, 6, com os membros do Comitê de Gerenciamento de Crises da Prefeitura de Aracaju. O objetivo do encontro foi discutir ações de enfrentamento aos efeitos das chuvas, que poderão acometer a capital sergipana entre a noite do próximo domingo, 9, e a madrugada de segunda-feira, 10, segundo alerta emitido pelo Centro de Meteorologia de Sergipe. Conforme as projeções são esperadas chuvas de até 50 milímetros no período indicado. Porém, como é típico desse serviço, elas podem não ser confirmadas, ou ocorrerem em índices mais baixos do que os previstos.

“Esta reunião foi para deixar todas as equipes de prontidão, cumprindo, assim, a finalidade principal deste comitê, que é justamente atuar no gerenciamento de crises”, explicou o prefeito Edvaldo Nogueira, determinando medidas como a limpeza prévia de canais e rios, desobstrução de bueiros e bocas de lobo e das redes de drenagem urbana. “Nesse tipo de ocorrência, não podemos ser pegos de surpresa. O planejamento do trabalho pelos órgãos da Prefeitura, relacionados com o problema, é fundamental para evitarmos danos maiores para a população das áreas mais atingidas”, acrescentou o gestor.

 De acordo com o coordenador da Defesa Civil Municipal, major Silvio Prado, ideia é preparar os órgãos da administração municipal, de maneira preventiva, para lidar com desastres como alagamentos, enchentes e deslizamentos de terra. “Segundo a informação, teremos um grande volume de chuva que se concentrará, principalmente, na zona Norte de Aracaju. Com base nisso, a Prefeitura está se preparando para colocar o plano de contingência, que instituído desde 2017, em prática, para minimização de impactos. Vamos concentrar ações nas áreas de risco para evitar qualquer tipo de evento adverso. E se houver algum tipo de desastre, estaremos presentes nas localidades para atender o mais rápido possível”, destacou o major, informando que essas chuvas são decorrentes de um fenômeno climático, que tem ocorrido no país inteiro..

Criação do comitê

O Comitê de Gerenciamento de Crises foi criado pelo prefeito Edvaldo Nogueira, em 2017. Ele cumpri um dos compromissos firmados pelo gestor com a população aracajuana, após as chuvas que ocorreram na cidade, em 2017. “Aracaju caminha para se tornar uma cidade capaz de enfrentar situações adversas, como são as chuvas e seus efeitos, de maneira organizada e com respostas rápidas e efetivas”, reforçou Edvaldo.

O comitê reúne órgãos e secretarias como a Defesa Civil, Guarda Municipal, Emsurb, Emurb, Assistência Social, Saúde, Defesa Social, Meio Ambiente e Comunicação. Dentre as iniciativas do comitê está a criação dos Núcleos de Defesa Civil da Comunidade, envolvendo moradores de cada área de risco de inundação, deslizamentos de terra, alagamentos e outras ocorrências.

 O Comitê de Gerenciamento de Crise também atua na prevenção através de campanhas educativas junto à população, distribuindo panfletos explicativos com os procedimentos a serem adotados pelas famílias no caso de emergências. Também faz parte do plano de mobilização uma rede de 15 mil telefones celulares cadastrados, através da qual a Defesa Civil expede alertas e orientações a serem adotadas nestes casos.

Participaram da reunião os secretários Luiz Roberto Dantas (Emsurb), Waneska Barboza (Saúde), Luciano Correia (Comunicação), Fernando Mendonça (Guarda Municipal) César Viana (Meio Ambiente) e Rosane Cunha (Assistência).

Deixe Uma Resposta