Dia de greve geral da educação

0

Hoje, 15, é dia de greve geral da educação e contra o bloqueio de 30% do orçamento das universidades públicas e instituições federais pelo governo Jair Bolsonaro. Com isso, essa quarta-feira amanheceu com manifestações no país e em Sergipe, realizadas por estudantes, servidores federais da educação, representantes de sindicatos e movimentos sociais.

Em Aracaju as manifestações ocorrem na porta da Universidade Federal de Sergipe (UFS) e do Instituto Federal de Sergipe (IFS). Segundo os organizadores do ato, na UFS os cortes vão atingir 47% das verbas de custos e 30% das verbas de investimento.

As manifestações acontecem após o MEC (Ministério da Educação) anunciar um congelamento orçamentário que atinge recursos desde a educação infantil até a pós-graduação, com suspensão de bolsas de pesquisa oferecidas pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.

Também hoje o ministro da Educação, Abraham Weintraub, foi convocado para prestar esclarecimentos sobre os cortes na Câmara dos Deputados. Anteriormente, ele havia apenas sido convidado para falar em uma comissão. Agora, após a aprovação no plenário, ele é obrigado a comparecer.

Deixe Uma Resposta