Dia da Consciência Negra é dia de defender a história e celebrar a identidade do povo negro

0

Neste 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, o CRESS Sergipe reafirma seu compromisso com o combate ao racismo e em defesa da promoção da igualdade racial. O dia 20 de novembro representa a resistência do povo negro e a necessidade de promover políticas de equidade e ações de empoderamento da população preta.

A defesa intransigente dos direitos humanos, bem como o empenho na eliminação de todas as formas de preconceito, incentivando o respeito à diversidade, a participação de grupos socialmente discriminados e a discussão das diferenças são princípios norteadores da atuação profissional do/a assistente social, previstos no nosso Código de Ética. Combater o racismo e lutar pela promoção da igualdade racial é, portanto, dever de todo/a assistente social.

Neste sentido, o CRESS Sergipe se soma à campanha “Assistentes Sociais no Combate ao Racismo”, realizada pela Gestão do Conjunto CFESS-CRESS (2017-2020), cujo objetivo debater e incentivar a promoção de ações de combate ao racismo no cotidiano profissional, ampliar a percepção das diversas manifestações do racismo, combater o racismo institucional nos espaços de trabalho de assistentes sociais, visibilizar a dimensão racial das demandas por direitos sociais no Brasil e denunciar o racismo no Brasil e suas variadas expressões.

Não podemos aceitar que todos os avanços que a população negra conseguiu conquistar no sentido de buscar a equiparação de oportunidades, de políticas de promoção da equidade e de direitos sociais, sejam perdidos. O momento é de resistir!

Da assessoria

Deixe Uma Resposta