Defesa de Ana Alves requer prisão domiciliar

0

Após ter pedido de habeas corpus negado pelo desembargador Diógenes Barreto, a defesa da presidente estadual do DEM, jornalista Ana Alves, pede à Justiça  que ela fique presa em prisão domiciliar e com o uso de tornozeleira eletrônica sob alegação de problemas de saúde .

Na nova petição, a defesa anexa pedido de Ana Alves de renúncia da presidência do DEM em Sergipe assinado por ela no último dia 5 de dezembro.

A jornalista, filha do ex-governador João Alves (DEM) e da senadora Maria do Carmo Alves (DEM), está no presídio Feminino de Nossa Senhora do Socorro desde a sexta-feira da semana passada, 1, acusada de crimes de peculato, organização criminosa e obstrução das investigação desenvolvida pela Operação Caça-Fantasmas, que investiga a contratação de cerca de 300 servidores sem trabalhar na gestão do seu pai quando prefeito de Aracaju.

Ela foi presa enquanto prestava depoimento no Ministério Público Estadual junto aos promotores de Justiça do GAECCO, pela equipe policial da DEOTAP que cumprira o mandado de prisão.

Da Redação

Deixe Uma Resposta