Defensoria Pública lança campanha pela prevenção ao suicídio

0

Sergipe ocupa o segundo lugar no Nordeste em casos de suicídio

O Centro Integrado de Atendimento Psicossocial da Defensoria Pública do Estado (CIAPS), em parceria com o Centro de Valorização da Vida (CVV), lançou a campanha “Defensoria Pública pela Prevenção ao Suicídio” com  distribuição de panfletos e laços amarelos para conscientizar e prevenir a população sobre esse ato que vem afetando milhões de brasileiros.

A psicóloga da instituição, Syrlene Besouchet e estagiárias de psicologia fizeram a distribuição dos materiais na terça-feira, 10, nos sinais de trânsito da Avenida Barão de Maruim. Nos panfletos os psicólogos apontam os quatro D que levam uma pessoa a cometer suicídio como: depressão, desamparo, desesperança e desespero.

“O suicídio é um ato evitável. Precisamos fomentar o diálogo e exercitar a compreensão das razões que levam alguém a tirar a própria vida, podendo reverter esse quadro. Além disso, esse ato pode atingir pessoas de qualquer faixa etária, inclusive crianças, por isso, é preciso ter atenção redobrada aos sinais e qualquer mudança de comportamento”, alertou  a psicóloga Syrlene Besouchet.

Para o bancário, Carlos Alberto Souza de Oliveira, a tecnologia é uma das ferramentas prejudiciais ao diálogo com a família. “O que falta é o diálogo nas famílias e a tecnologia incentiva cada vez mais os jovens a não se comunicarem. É preciso que a família chegue mais perto, procure aquele parente que necessita de um abraço fraternal, o contato e o calor humano no dia a dia para evitar essa quantidade crescente de jovens suicidas. Infelizmente hoje as pessoas se comunicam mais virtualmente, o que afasta cada vez mais a vivência fraterna e familiar”, disse.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, aproximadamente 804 mil pessoas tentaram suicídio em 2017. O Brasil é o quarto país que mais cresce no número de suicídios sendo a segunda maior causa de morte ocupando o oitavo lugar, perdendo apenas para acidentes de trânsito.

De acordo com o Ministério da Saúde, Sergipe é o estado brasileiro com maior número de tentativa de suicídio por autointoxicação com taxa de 2,3 por 100 mil habitantes, ocupando o segundo lugar no Nordeste em número de casos de suicídio de acordo com o CVV.

Durante o mês de setembro os psicólogos irão também ministrar palestras para estudantes de escolas públicas sobre o tema iniciando na sexta-feira, 13, às 7h30, no Centro de Excelência Santos Dumont, no Bairro Aeroporto; no dia 20, às 9h, no Colégio Estadual João XXIII, na cidade de Ribeirópolis e  dia 26, às 15h, na Escola Municipal de Ensino Infantil Irene Romão de Brito, no Bairro Santa Maria, em Aracaju.

Equipe do Ciaps – Psicóloga, Syrlene Besouchet; estagiárias de psicologia Larissa Valença, Vitória Caroline Cruz, Carolina Pereira e Bianca Andrade;  assistentes sociais Maria das Graças Ribeiro e Joanes Alves.

Deixe Uma Resposta