Cidadania expulsa vereador Palhaço Soneca

0

O Diretório Municipal do Cidadania decidiu pela expulsão do vereador de Aracaju, Palhaço Soneca, pelo episódio de ampla repercussão negativa de que se encontrava de licença médica da Câmara Municipal de Aracaju, por 120 dias, mas estava na Festa do Mastro de Capela. A reunião extraordinária ocorreu na quinta-feira, 22.

O ofício circular enviado nesta sexta-feira, 23, ao vereador, não destaca a razão da expulsão. É dito apenas que a sua expulsão é uma “sanção em face de representação oferecida pelo diretório ao Conselho de Ética”.

Diz ainda o ofício, assinado pelo presidente, o ex-vereador Dr  Emerson Ferreira, que os prazos para recursos serão contados a partir do recebimento do comunicado.

Em nota, distribuída para a imprensa, através da sua assessoria, Palhaço Soneca diz que ficou surpreso com a determinação do seu partido em expulsá-lo. Revela que o episódio da Festa do Mastro já foi superado, não cometeu nenhum ato ilegal, tanto é que o Ministério Público Estadual (MPE/SE) decidiu pelo arquivamento do caso.

Destaca que, em razão disso, a decisão é uma demonstração de perseguição política do partido por ser humilde.

O presidente estadual do Cidadania é o senador Alessandro Vieira

 

O vereador foi expulso do Cidadania por conta dessa imagem, em que está ao lado do presidente da Câmara, Nitinho Vitale (PSD),ter viralizado nas redes sociais

Deixe Uma Resposta