Auditores ficais querem inclusão da categoria na PEC 443/09

0

Iniciando os atendimentos desta segunda-feira, 10, o deputado federal André Moura (PSC/SE) recebeu o presidente da Delegacia Sindical do Sindifisco em Aracaju, João Bosco Queiroz, o ex-presidente da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip), Jorge César, e demais membros do Sindifisco, para tratar da PEC 443/09, que vincula salários de advogados públicos e delegados de polícia à remuneração dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), estabelecendo que o subsídio do nível mais alto dessas carreiras equivalerá a 90,25% do subsídio mensal dos ministros do STF.

O pleito dos auditores fiscais é que a categoria seja contemplada na propositura por também fazerem parte das carreiras jurídicas.

Como argumento, Bosco Queiroz disse que os auditores possuem participação decisiva na arrecadação do pais. “Temos participação importante na implantação nas políticas públicas como arrecadadores. Nossa insatisfação é com o não reconhecimento como categoria de carreira jurídica”.

 André Moura ouviu a todos e disse que encaminharia as reivindicações apresentadas na reunião do Colégio de Líderes. De modo geral, disse que o momento é propício à aprovação da PEC 443 por conta da situação entre o Parlamento e o Executivo. “Vamos nos dedicar e apresentar os destaques que forem possíveis”, concluiu.

Por AssCom/AM

Deixe Uma Resposta