Ações em todas as áreas marcam o primeiro ano da gestão de Edvaldo Nogueira

0
A Prefeitura de Aracaju tem como meta a reconstrução da qualidade de vida dos aracajuanos. Conduzida pelo prefeito Edvaldo Nogueira, a atual gestão adotou medidas a favor do progresso da cidade. Valorização do servidor, retomada de obras, valorização da educação e da saúde do município, o que representa a reconstrução da qualidade de vida, foram as grandes preocupações da atual gestão. Entretanto, o dia a dia da cidade não deixou de ser prioridade. Retomar ações para melhoria no trânsito, eventos culturais e esportivos, fortalecimento das ações da Guarda Municipal de Aracaju e da Defesa Civil. Dessa forma, os cidadãos comprovam o avanço. Um trabalho que mostra o compromisso do gestor municipal para colocar a administração em ordem.
Para possibilitar qualquer ação, foi preciso negociar o montante de dívida herdado. Edvaldo Nogueira assinou um decreto que viabilizava a negociação das dívidas herdadas. Ao assumir o comando municipal, buscou cumprir uma das promessas de campanha e, após estudo minucioso, revogou o aumento anual de 30% do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e fez a revisão da planta de valores dos imóveis, promovendo a justiça fiscal. “Esse foi um momento importante da nossa gestão. Eu honrei o meu compromisso com os aracajuanos de revogar a lei da gestão passada que criou esse aumento anual de 30% até 2022”, relembrou o prefeito.
Cultura
Apesar das dificuldades, as ações da Prefeitura não pararam. A Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), não mediu esforços para criar o Mapa Cultural, plataforma digital que serve como guia para quem deseja se programar para os eventos da cidade. O ‘Quinta Instrumental’, que tem o objetivo de oferecer toda semana música de qualidade à população de forma gratuita é um desses eventos artísticos.
Outro projeto de destaque é o ‘Ocupe a Praça’, promovido pelo Núcleo de Produção Digital, sempre na primeira e última quarta-feira de cada mês. Ele fomenta o audiovisual e busca ocupar a Praça General Valadão com atividades artísticas, tornando-a um espaço mais democrático.
Esporte e Cidadania
O incentivo ao esporte também teve destaque no primeiro ano de gestão.  A Corrida realizada no dia 17 de março, em comemoração ao aniversário da cidade, reuniu mais de dois mil participantes.  A edição teve uma economia de 60% dos custos em relação aos anos anteriores, demonstrando zelo e respeito ao dinheiro público, além do pagamento, já na semana seguinte, da premiação dos atletas vencedores.
Outra iniciativa que ganhou a simpatia dos aracajuanos foi a Área de Proteção à Prática de Ciclismo (APPC). O projeto fecha uma das vias da avenida Santos Dumont, em horários diferenciados, para garantir a prática esportiva com segurança. Durante três dias na semana, a área fica fechada para a prática de atividade física em um dos pontos turísticos mais conhecidos da capital.
O prefeito Edvaldo Nogueira também lançou o programa “Praia linda é praia limpa”, de iniciativa da Secretaria do Meio Ambiente de Aracaju, para estimular a conscientização ambiental dos aracajuanos. O projeto envolve ações com foco na educação e tem o objetivo de chamar a atenção do cidadão para a elevada quantidade de lixo que é recolhida nas praias. Semanalmente, a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) recolhe nove toneladas de resíduos na região.
O secretário municipal do Meio Ambiente, Augusto César Viana, pontuou que a iniciativa não é isolada, mas se constitui num programa da gestão, para manter as praias limpas com a conscientização do cidadão. “Não é um simbolismo de um dia. Estamos fazendo parcerias com os hotéis, bares e restaurantes, tanto para a questão do lixo, como para o reaproveitamento do óleo. A ideia é transformar o óleo em sabão, para assim evitar o descarte nos lagos e no oceano”, explicou.
A atual gestão fez muito mais em apenas um ano: promoveu atividades com o intuito de estimular os microempreendedores individuais (MEIs). A Prefeitura de Aracaju, através da Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat) oferece capacitação profissional para que os cidadãos aracajuanos conquistem independência financeira.
Segurança e assistência
Para atender demandas da população, cinco novas linhas de ônibus foram criadas neste ano. Conjunto Maria do Carmo/Loteamento Carajás, Paraíso Sul/DIA, Circular/DIA, Barra dos Coqueiros/Mercado e Orlinha/Mercado. A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) realizou mais de 200 ações voltadas para a educação no trânsito, entre abordagens e palestras. A SMTT também modificou o fluxo de veículos em quatro bairros e dois conjuntos, fez a readequação dos abrigos de pontos de ônibus da avenida Rio Branco e criou 4 novas linhas de ônibus para atender comunidades que não tinham transporte público próximo as suas casas.
A criminalidade no transporte público de Aracaju era motivo de preocupação da comunidade, por isso, a Prefeitura criou o programa ‘Terminal Seguro’, uma das principais ações da Guarda Municipal. A atuação consiste no reforço do patrulhamento preventivo dos terminais de integração e adjacências nos horários de maior fluxo de passageiros e de maior incidência de crimes. Além disso, as principais vias de circulação dos ônibus recebem atenção especial, com patrulhas motorizadas e orientadas para parada de veículos e abordagem de passageiros suspeitos.
Outro ponto positivo foi a criação do número 199. A Defesa Civil em parceria com a Guarda Municipal soma resultados positivos em relação às demandas apresentadas pelos cidadãos, por meio do número emergencial 199. O engenheiro e coordenador geral da Defesa Civil de Aracaju, capitão Silvio Prado, explica que, até então, Aracaju era uma das poucas capitais do país que não ofereciam o número emergencial. “Hoje temos um atendimento 24 horas, que facilita o acesso das pessoas ao serviço da Defesa Civil e que diminui o tempo resposta, pois o cidadão faz o contato no momento da situação de risco”, ressaltou.
PMA

Deixe Uma Resposta