Ex-deputados estaduais livres de prisão domiciliar e tornozeleiras

0

Os ex-deputados estaduais Paulino da Varzinhas e Augusto Bezerra já estão livre da prisão domiciliar e do uso de tornozeleira. Os dois foram beneficiados pela decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de considerar inconstitucional a prisão de réus condenados em segunda instância,

As tornozeleiras foram retiradas no início da tarde desta segunda-feira, 11, por decisão do desembargador Roberto Porto. Também foram soltos Nollet Feitoza e Ana Cristina Varela Linhares.

Antes da prisão domiciliar, os ex-deputados Augusto Bezerra e Paulinho da Varzinhas ficaram presos no Presídio Militar para cumprimento de pena de mais de 11 anos de prisão por desvio das verbas de subvenção da Assembleia Legislativa em 2014.

Eles foram condenados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SE), que acatou denúncia feita pelo Ministério Público Eleitoral (MPE-SE).

O ex-prefeito Sukita (Capela) também já está em liberdade desde o final da manhã desta segunda-feira, 11. Ele estava preso desde setembro do ano passado após condenação, pelo TRE-SE, a mais de 13 anos de prisão por corrupção eleitoral, desvio de verbas públicas e autorização de despesas não previstas em lei.

Deixe Uma Resposta