Mulher que matou acidentalmente bebê em Pirambú é condenada a indenização de R$ 500 mil

0

A autônoma Fernanda Silva de Oliveira, condutora do quadriciclo envolvido no acidente de trânsito que matou o bebê de nove meses Benjamin Maxuell Maia, foi condenada à prestação de serviços à comunidade e pagamento de indenização no valor de R$ 500 mil.

A condenação foi arbitrada pelo juiz José Rinaldo Salvino do Nascimento, da Comarca de Japaratuba, que a condenou por homicídio e lesão corporal culposos pelo acidente que tirou a vida do bebê e deixou ferida a mãe dele, Livian Cristina Maxuell Maia.

O acidente ocorreu no dia 24 de julho de 2016, na Praia de Pirambu.

 

Deixe Uma Resposta